Oficina “Direito de Criar”- Para Jovens em Liberdade Assistida, com o apoio do Museu Casa de Portinari.

Nos dias 16 e 23/07, em período integral,  o artista plástico Zeppa Tudisco, com o importante apoio do Museu Casa de Portinari, levou a oficina “O Direito de Criar” para jovens e assistentes sociais do  Centro de Referência Especializado de Assistência Social Creas (Brodowsky, SP).  No Creas são atendidas famílias e pessoas que estão em situação de risco social ou tiveram seus direitos violados. Os dois dias de oficina foram divididos em 3 partes. Na primeira parte, Zeppa Tudisco, que também é diretor de criação de publicidade, apresentou sua trajetória de vida e making-of  de alguns filmes publicitários que criou, transmitindo para os jovens que dentro de uma produção publicitária existe uma centena de profissões de nível técnico e superior, entre estas maquiadores, figurinistas, diretores de cena, marceneiros, fotógrafos etc. Com isso, ampliando as possibilidades para que estes jovens acreditem no futuro.

Na segunda parte da oficina, cada um dos participantes fez uma dobradura de barquinho de papel e cortou ao meio. Cada participante escreveu o seu nome e uma palavra qualquer em uma das metades. Metade desta dobradura foi colada em uma obra reflexiva que cada um levou para a casa.     Na terceira parte, foi realizada o bate papo de encerramento e a colagem de cada metade da dobradura em uma obra coletiva. Enquanto se colava as metades, cada uma explicava a palavra que havia escrito. Foi realmente um momento muito especial para o Projeto. A ideia era dizer que cada um tem  direito de criar e nada pode tirar isso de você, seja em que situação viver. E tão importante quanto criar é realizar esta criação, por isso o barquinho de papel reflexivo, que representa a materialização e a batalha para se conseguir os objetivos.