Enxergar menos com os olhos e mais com o coração.

Recentemente o projeto Visão Reflexiva levou algumas obras de seu acervo para deficientes visuais da Adevirp. Levar o “espelho”para quem não exerga foi uma experiência muito construtiva para o projeto. Foi um grande aprendizado e que deixou evidente que a arte inclusiva é muito limitada no Brasil. Facilitar o acesso ás atividades culturais, educação e artes é uma coisa muito simples e que deve ser praticada. A propoista do artista plástico Zeppa Tudisco foi desenvolver uma obra em braille, sobre espelho. Uma obra que deveria falar tanto com deficientes visuais quanto com videntes. E dentro deste tema desenvolveu uma peça em braille onde pode-se ler a frase: Enxergar menos com os olhos e mais com o coração. Uma frase que foi inspirada no lindo poema “se todo mundo fosse Cego” do Fabio Brazza e que pode ser conferido aqui 

Com essa experiência o Projeto ganha motivação e direcionamento para criar cada vez mais obras com potencial inclusivo.

Confira contato de deficientes visuais com a obra